11 de set de 2010

Condicional

Para um homem apenas
não é possível o corte

não é possível a dor
a sorte cor de cobre.

Para um homem apenas
não há doença ou cura.

Inexiste febre
cárie, mercúrio, pluma.

Para um homem apenas
é improvável o verbo,

rosto pareado ao rosto
no espelho em reflexo

Para um homem apenas
a duras penas há um corpo

somente só, intratável
não-oco.

Para um homem apenas
não é.

É preciso um outro - oposto.

Com um par de asas no dorso
e outro de sandálias nos pés.

-
-
-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este espaço é democrático. Assim como ele preza pela liberdade de expressão, também zela pelo respeito. Críticas sem fundamentos ou comentários preconceituosos ou ofensivos não são bem vindos.